Os assassinos com doutorado!

A nossa história está repleta de massacres e genocídios que são feitos por pessoas que encontram em seus deuses ou em suas ideologias as desculpas necessárias para a realização de tais atos.

Bruxas e bruxos, raças inferiores, não civilizados, doentes e etnias inteiras já foram aniquiladas pelos simples motivo de existirem em uma sociedade que não conseguia entender o outro, a diferença.

Assim foi na época do nazismo onde todos aqueles que não se enquadravam no modelo de "civilização" criado por essa ideologia deveriam ser exterminados. Começando com os doentes mentais, passando pelos judeus e chegando até aos soldados que voltavam da guerra incapacitados, os nazistas produziram uma imensa "higienização estética" em suas sociedade.








Isso sozinho já é horroroso mas quando percebemos que esses atos ocorreram em uma das sociedades mais letradas da Europa e que foram feitos não por "fanáticos ignorantes" mas sim por pessoas muito bem formadas e com um futuro brilhante em suas áreas do conhecimento, a sensação é muito pior. Pois se os atores das atrocidades fossem "monstros/demônios" nos sentiríamos mas tranquilos, afinal eu não sou assim! Mas quando percebemos que eles são somente humanos, nos sentimos muito mais preocupados.

Para entender uma pouco mais sobre isso, proponho a leitura de um texto que foi publicado no El PAÍS que disponibilizo o link logo abaixo. Apesar de o assunto ser preocupante, espero que a leitura possa ser no mínimo instrutiva sobre a condição humana.


Copyright© 2010-2017 HISTOSOFIA - modelo por Jason Morrow